Skip to content

O que o Boson de Higgs não é

outubro 8, 2013
by

Hoje saiu o resultado do Nobel de física. O grande prêmio foi para os físicos Francois Englert e Peter Higgs, por terem teorizado o mecanismo que faz com que bósons de gauge, chamados na literatura de divulgação de “partículas de forças”, adquiram massa, ao contrário por exemplo do fóton, que permanece sem massa.

“Partículas de Força” porque em teoria de campos a troca dessas partículas geram o que chamamos de força. A força eletromagnética de repulsão entre dois elétrons é descrita pela troca de fótons. A força que mantém os quarks unidos dentro de um próton, chamada de Força Nuclear Forte, é descrita pela troca de glúons. Os bósons responsáveis pela Força Nuclear Fraca, que provoca os decaimentos beta em processos radiativos, são massivos, e até o trabalho do Higgs e outros físicos (uns nove pelo menos,  embora o prêmio só tenha sido dado a dois), ninguém sabia entender muito bem porquê.

Depois mais tarde outros físicos mostraram também que o mesmo campo utilizado para dar massa para bósons de força poderia também dar massa a férmions (que alguns chamam de “partículas de matéria”). Então, a grosso modo, o campo de Higgs pode ser o responsável pela massa das partículas elementares que conhecemos (exceto talvez neutrinos – essa é outra história).

Claro, nessa hora nenhum jornal quer estar por fora da notícia. Jornalistas que não sacam nada e não se dão ao trabalho de perguntar a quem sabe, saem de seus covis do mal propagando a destruição. E é papel de superheróis correr atrás deles tentando limpar a bagunça. Outros já estão fazendo isso por aí, estou chegando atrasado. Mas antes tarde do que nunca.

Partícula de Deus

O Bóson de Higgs não tem nada a ver com Deus, nem com religião, nem com nada disso. Um fisico chamado Lederman escreveu um livro sobre esse episódio da ciência, e queria chamar o livro de “The Goddamn Particle” (A partícula maldita). Os editores não gostaram do nome, e mudaram para “The God Particle” (“A Partícula Deus” ou “A Partícula de Deus”). Nenhum físico usou esse nome, todos usam simplesmente “Boson de Higgs”. Muitos nem ficaram sabendo desse nome. Só quando já era tarde demais e os jornais já tinham espalhado para todo o canto esse “maldito” apelido.

Provou a Existência de Deus

Não. Nem desprovou. Simplesmente perguntar se o Higgs tem alguma coisa a ver com existência de Deus é estúpido. É como perguntar a um cientista político como a Segunda Guerra explica porque eu gosto mais de chocolate do que jiló. A pergunta em si é estúpida.

Prova o Big-Bang

O Higgs não tem nada a ver com o Big-Bang. O LHC não tem nada a ver com o Big-Bang. O LHC produz colisões de altas energias, só isso. Esse tipo de colisão é parecida com o que acontecia quando o universo estava bem quente e denso. Lá no passado. Mas não diz nada sobre a origem, ou o princípio de tudo.

Explica Onde Tudo Veio

Não. O Bóson de Higgs explica como que alguns bósons de força e algumas outras partículas ganharam massa. Só isso.

Prova a Origem da Vida

Não. Mesmo caso anterior. Saber de onde a massa de algumas partículas vem não te diz o que acontece com elas depois.

Diz de Onde vem toda a Massa

Essa chega perto. Mas ainda está errada. O Higgs é o mecanismo para dar massa aos bósons de força, e é o mais aceito para dar massa para partículas de matéria. Mas outras coisas entram. Por exemplo, somente cerca de 10% da massa de um próton corresponde a massa dos seus quarks (geradas pelo Higgs). Os outros 90% vem de algo que podemos chamar no momento de “energia de ligação” desses quarks, que é extremamente alta. O mesmo para os nêutrons. Considerando que essas duas partículas, os prótons e os nêutrons, compõem a massa da matéria usual (já que os elétrons são mil vezes mais leves), podemos dizer que boa parte da massa do nosso dia-a-dia não vem do Higgs.

Além de tudo isso, há fortes indícios que pode existir mais matéria pesada por aí, o que chamamos de Matéria Escura, que muitos acreditam que compõe boa parte da massa das galáxias. E não temos idéia do que essa Matéria Escura é feita, muito menos se o Higgs tem alguma influência nisso.

Por enquanto é só. A descoberta do Bóson de Higgs pelas equipes do ATLAS de do CMS, experimentos do LHC, foi um feito fantástico. A teoria desenvolvida pelo Higgs e outros que deu origem à busca foi fantástica. Mas está longe de ser a Resposta à Pergunta Fundamental da Vida, o Universo e Tudo Mais.

Outros textos antigos sobre o assunto, e o papel do LHC nisso tudo:
Dossiê Higgs:
https://lceo.wordpress.com/2011/12/15/dossie-higgs/

5 sigma e mais sobre o Higgs:
https://lceo.wordpress.com/2012/11/17/5-sigma-e-mais-sobre-o-higgs/

Anúncios
18 Comentários leave one →
  1. outubro 8, 2013 3:58 pm

    Então o que o Boson de Higgs responde, agora que sabemos a resposta o que podemos tirar disso?

  2. outubro 8, 2013 10:33 pm

    a propósito, saiu agora uma matéria no scientific american brasil em que uma tal de “higgsogênese” explaria a assimetria matéria/antimatéria… http://www2.uol.com.br/sciam/noticias/genese_do_boson_de_higgs_pode_explicar_materia_escura.html
    parece que o bóson de higgs passou a assumir o papel que o big bang possuía, de explicar tudo (e o que não puder explicar, não pode existir…)

    • ddimensoes permalink*
      outubro 8, 2013 11:47 pm

      pois é, eu vi sobre isso. Mas queria olhar o artigo original pra saber exatamente do que eles estão falando. Ainda não tive tempo…

  3. outubro 9, 2013 10:15 am

    O pior é que tudo isso que você falou é informação que se encontra na primeira página do Google ao buscar por higgs boson, mas nem isso a imprensa se deu ao trabalho de pesquisar antes de sair falando bosta.

  4. Anônimo permalink
    outubro 25, 2013 12:16 am

    Então o bóson de higgs não é 42?

    • Anônimo permalink
      novembro 10, 2013 2:57 pm

      Sr anônimo, obrigada por roubar minha pergunta! Adorei essa ultima frase. hehe

  5. dezembro 10, 2013 11:17 am

    Esquecemos a força “centrípeta”. Quase não se fala nela e, segundo algumas pessoas, talvez nem exista. Mas é esta força que deve ser “Bóson de Higgs”, que não seria uma partícula e sim uma energia (energia gravitacional quântica). Mesmo uma partícula tem um “Spin” e portanto uma força centrífuga e uma centrípeta. Todo corpo que apresenta um movimento giratório tem uma força centrífuga e uma força “CENTRÍPETA”. Se a força centrífuga for muito forte, o corpo explodirá. Enquanto as matérias que compõe este corpo permanecerem unidas, a forca centrípeta transforma-se em gravidade deste corpo e ele atrai outros corpos. Isto seria a gravidade. Um corpo tem gravidade zero enquanto explode por excesso de rotação. Portanto o Bóson de Higgs não é uma partícula e sim uma energia.

    • D-Dimensões permalink*
      dezembro 10, 2013 11:31 am

      haha
      Cara, não sei o que você fumou, mas parece muito bom.

    • Leandro Seixas permalink
      dezembro 10, 2013 8:45 pm

  6. março 13, 2014 12:20 pm

    O boson de Higgs não pode ser uma partícula. Se for, o que daria massa a esta partícula? Para mim seria uma força gravitacional quântica. Isto é: Se a partícula tem um spin, ela tem rotação e isto quer dizer que tem força centrífuga e força centrípeta. A força centrípeta será a gravidade quântica desta partícula. Sabemos que corpos celestes em alta rotação, tem gravidade maior que se tivesse em rotação mais baixa. A rotação, portanto é que define a massa de um corpo celeste. O somatório dos spin’s das partículas só serve para definir a massa de um objeto. Se você aumentar a rotação deste objeto, sua massa aumentará. “Quanto mais rápido você está, mais pesado você fica.”

    • D-Dimensões permalink*
      março 13, 2014 4:18 pm

      A teoria quântica de campos explica muito bem como um bóson escalar (como o Higgs) possui massa. Na verdade, é extremamente natural que ele possua massa, estranho seria se não possuísse.
      O spin de uma partícula não está relacionada com rotação. No início da física de partículas se achava isso. Hoje quase ninguém defende isso. De qualquer forma, algumas analogias são preservadas, e sim, partículas com spin maiores costumam ter massa um pouco maior que suas equivalentes de spin menor. Mas isso não tem nada a ver com o espectro que estamos interessados do modelo padrão (onde todas possuem spin 1, 1/2 ou 0).
      E falar em “força gravitacional quântica” não tem nada a ver.

  7. março 1, 2015 9:45 am

    Falou, falou e não disse nada. Ninguém sabe nada. Tudo que o cético enxerga, é só reação. Mas não sabe a combinação que gerou o efeito. Portanto, tudo é teoria, até mesmo o que estou dizendo agora. Ninguém sabe nada, a vaidade quer fazer de cada dono dela, sua voz da razão para merecer a atenção para seu próprio ego. Relacionar a inteligencia do homem aos mistérios da origem de tudo, o faz duvidar da existência de uma inteligencia superior, o qual nos criou. Somos pequenos em tentar explicar o que não entendemos. Existe o átomo? existe!, existe reação? existe! mas como é o atamo, o homem criou o gráfico da bolinha central e das bolinhas em órbita. Chegou até ao registro de cada reação com relação a própria química e suas consequências nas manipulação.
    Na fissão ou na colisão, existem reação, mas para os mais intelectuais da terra, tudo é consequência de um ação, mas esta consequência (que nada mais é que uma reação do estagio natural da composição do que foi determinado pelo seu criador), continua com uma grande interrogação para o homem, que tem nesta inteligencia, a recompensa por sua limitação ao conhecimento, dosada aos milênios pelo criador, devido ao pequeno desenvolvimento moral do ser humano. Se dado ao homem a inteligência de descobrir a origem de tudo. Ele se alto destruiria, porque a falta de evolução moral faria com este conhecimento se tornasse uma arma letal para a existência da Terra. Por tanto, tudo que foi dito acima, se baseia em teorias, assim como a reação da fissão do átomo. A bomba nuclear provem de uma reação onde mostra que o homem só chegou até este conhecimento. Mas a origem desta reação, não limita a fissão e sim a composição de uma situação que levou a esta consequência. Moral da história, Deus existe e o homem não conhece nem um centésimo de quintilhonésimo da arte da reação e composição de bilhões de vida de combinações e muito menos estrutura que fez a existência de tudo.
    Só Deus, dado ao homem, este conhecimento depois de bilhões de idas e vindas nas dimensões, tidas como berços para evolução moral do ser. Da, a compreensão das coisas, mas num cérebro evoluído com tal segurança, que só realiza o bem e a evolução da vida no universo. Com respeito ao seu criador.

    • D-Dimensões permalink*
      março 1, 2015 10:05 am

      Ninguém sabe nada, só você, né? Saquei.

      • Anônimo permalink
        março 2, 2015 4:24 pm

        Para se ter certeza que se sabe tudo, indica que não sacou. Porque eu mesmo me coloco humildemente como um ser que vivo na especulação dos comentários, assim como os gênios de plantão. Então, ninguem sacou nada..

Trackbacks

  1. Prêmio Nobel de Física 2013 | "O Universo não é uma ideia minha. A minha ideia do Universo é que é uma ideia minha" ( Fernando Pessoa)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: